Planeta Azul

Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei. Allan Kardec

Estudando o Livro dos Espiritos.

Informação

Estudando o Livro dos Espiritos.

 

 É UM GRUPO DE APOIO AO ESTUDO DO LIVRO DOS ESPÍRITOS ON LINE, QUE SE REALIZA TODAS AS SEXTAS-FEIRAS, ÀS 21H (HORÁRIO DE BRASÍLIA), NA SALA DE CHAT DO PLANETA AZUL.

ESTE ESTUDO APOIA-SE NOS PRINCÍPIOS BÁSICOS DA DOUTRINA ESPÍRITA: SOBRE A IMORTALIDADE DA ALMA, A NATUREZA DOS ESPÍRITOS E AS SUAS RELAÇÕES COM OS HOMENS; AS LEIS MORAIS, A VIDA ATUAL, A VIDA FUTURA E O FUTURO DA HUMANIDADE; SEGUNDO OS ENSINAMENTOS FORNECIDOS PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES, COM A AJUDA DE DIVERSOS MÉDIUNS

Membros: 49
Última atividade: 13 horas atrás

Com este livro surgiu no mundo o Espiritismo. Sua primeira edição foi lançada a 18 de abril de 1857, em Paris, pelo editor E. Dentu, estabelecido no Falais Royal, Galérie d’0rléans, 13. Três novidades, à maneira das tríades druídicas, apareciam com este livro: a Doutrina Espírita, a palavra Espiritismo, que a designava; e o nome Allan Kardec,que provinha do passado celta das Gálias.

A primeira novidade era apresentada como antiga, em virtude de representar a eterna realidade espiritual, servindo de fundamento a todas as religiões de todos os tempos: a Doutrina Espírita. Era, entretanto, a primeira vez que aparecia na sua inteireza, graças à revelação do Espírito de Verdade prometida pelo Cristo. A segunda, a palavra Espiritismo, era um neologismo criado por Kardec e desde aquele momento integrado na língua francesa e nos demais idiomas do mundo. A terceira representava a ressurreição do nome de um sacerdote druida desconhecido.

A maneira por que o livro fora escrito era também inteiramente nova. O Prof. Denizard Hippolyte Léon Rivail fizera as perguntas que eram respondidas pelos Espíritos, sob a direção do Espírito de Verdade, através das cestinhas-de-bico. Psicografia indireta. Os médiuns, duas meninas, Caroline Baudin, de 16 anos, e Julie Baudin, de 14, colocavam as mãos nas bordas da cesta e o lápis (o bico) escrevia numa lousa. Pelo mesmo processo, o livro foi revisado pelo Espírito de Verdade, através de outra menina, a Srtª Japhet. Outros médiuns foram posteriormente consultados e Kardec informa, em Obras Póstumas:“Foi dessa maneira que mais de dez médiuns prestaram concurso a esse trabalho”.

Este livro é, portanto, o resultado de um trabalho coletivo e conjugado entre o Céu e a Terra. O Prof. Denizard não o publicou com o seu nome ilustre de pedagogo e cientista, mas com o nome obscuro de Allan Kardec, que havia tido entre os druidas, na encarnação em que se preparava ativamente para a missão espírita. O nome obscuro suplantou o nome ilustre, pois representava, na Terra, a Falange do Consolador. Esta falange se constituía dos Espíritos Reveladores, sob a orientação do Espírito de Verdade e dos pioneiros encarnados, com Allan Kardec à frente.

A 16 de março de 1860, foi publicada a segunda edição deste livro, inteiramente revisto, reestruturado e aumentado por Kardec, sob orientação do Espírito de Verdade, que, desde a elaboração da primeira edição, já o avisara de que nem tudo podia ser feito naquela. Assim, a primeira edição foi o primeiro impacto da Doutrina Espírita no mundo, preparando ambiente para a segunda que a completaria. Toda a Doutrina está contida neste livro, de forma sintética, e foi posteriormente desenvolvida nos demais volumes da Codificação.

Escrito na forma dialogada da Filosofia Clássica, em linguagem clara e simples, para divulgação popular, este livro é um verdadeiro tratado filosófico que começa pela Metafísica, desenvolvendo cm novas perspectivas a Ontologia, a Sociologia, a Psicologia, a Ética, e estabelecendo as ligações históricas de todas as fases da evolução humana em seus aspectos biológico, psíquico, social e espiritual. Um livro para ser estudado e meditado, com o auxílio dos demais volumes da Codificação.

José Herculano Pires,

tradutor

 

Este grupo é administrado por: Ely,Dete e Marcia

 

Fórum de discussão

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Estudando o Livro dos Espiritos. para adicionar comentários!

Comentário de Divarci Correia Matias em 11 outubro 2013 às 22:59
MM
Comentário de Heloisa Ignacio em 1 outubro 2013 às 11:12

Da "INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA: VI: RESUMO DA DOUTRINA DOS ESPÍRITOS: "A alma tinha a sua individualidade antes da encarnação e a conserva após a separação do corpo.
No seu regresso ao mundo dos Espíritos a alma reencontra todos os que conheceu na Terra (...)."-Livro dos Espíritos, tradução de J. Herculano Pires, 65ª edição - LAKE, 2006.

Comentário de Heloisa Ignacio em 8 janeiro 2013 às 17:37

Comentário de Heloisa Ignacio em 10 junho 2012 às 16:04

 

Segunda ordem. - Bons Espíritos


107. CARACTERES GERAIS - Predominância do Espírito sobre a matéria; desejo do bem. Suas qualidades e poderes para o bem estão em relação com o grau de adiantamento que hajam alcançado; uns têm a ciência, outros a sabedoria e a bondade. Os mais reúnem o saber às qualidades morais. Não estando ainda completamente desmaterializados, conservam mais ou menos, conforme a categoria que ocupem, os traços da existência corporal, assim na forma da linguagem, como nos hábitos, entre os quais se descobrem mesmo algumas de suas manias. De outro modo, seriam Espíritos perfeitos.
     Compreendem Deus e o infinito e já gozam da felicidade dos bons. São felizes pelo bem que fazem e pelo mal que impedem. O amor que os une lhes é fonte de inefável ventura, que não tem a perturbá-la nem a inveja, nem os remorsos, nem nenhuma das más paixões que constituem o tormento dos Espíritos imperfeitos. Todos, entretanto, ainda têm que passar por provas, até que atinjam a perfeição.
     Como Espíritos, suscitam bons pensamentos, desviam os homens da senda do mal, protegem na vida os que se lhes mostram dignos de proteção e neutralizam a influência dos Espíritos imperfeitos sobre aqueles a quem não é grato sofrê-la.
     Quando encarnados, são bondosos e benevolentes com os seus semelhantes. Não os movem o orgulho, nem o egoísmo, ou a ambição. Não experimentam ódio, rancor, inveja ou ciúme e fazem o bem pelo bem.
     A esta ordem pertencem os Espíritos designados, nas crenças vulgares, pelos nomes de bons gênios, gênios protetores, Espíritos do bem. Em épocas de superstições e de ignorância, eles hão sido elevados à categoria de divindades benfazejas.

PARTE SEGUNDA - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos
CAPÍTULO I - DOS ESPÍRITOS

Comentário de Vainy Inacio em 9 fevereiro 2012 às 19:14

Também amei Heloisa. Obrigada por me convidar amiga. Vamos estudar então. Bjos

Comentário de Lydia Michalick em 9 fevereiro 2012 às 14:18

Comentário de Heloisa Ignacio em 9 fevereiro 2012 às 14:16
O Livro dos Espíritos

"Concebe-se que, como princípio geral, a vida social esteja na Natureza. Mas, uma vez que também todos os gostos estão na Natureza, por que será condenável o do insulamento absoluto, desde que cause satisfação ao homem?
Satisfação egoísta. Também há homens que experimentam satisfação na embriaguez. Merece-te isso aprovação? Não pode agradar a Deus uma vida pela qual o homem se condena a não ser útil a ninguém."

- Item 769

 

Membros (49)

 
 
 

TRANSLATOR

Google Tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to Italian

PLANETA AZUL:

 

Rede criada por:

 

* Heloisa Ignacio

Lydia Michalick

* Tanise Scheibe

 

Administração:

*Dete Gusson

* Ely Souza

   * *Nilson* *      

Membro destaque e colaborador especial da Rede

Planeta Azul

 

Coordenadora geral do Chat

* Ely Souza

Colaboradores de Estudos no Chat

* Dete

* Ely Souza

*Márcia Edileusa

 

Membros

Últimas atividades

Ely souza deu um presente para Pedro Gonçalves Damasceno
4 minutos atrás
Ely souza deixou um comentário para Pedro Gonçalves Damasceno
4 minutos atrás
Pedro Gonçalves Damasceno é agora um membro de Planeta Azul
5 minutos atrás
José Antônio Baptista curtiram a discussão Janelas na Alma. de Heloisa Ignacio
7 minutos atrás
Paulo Roberto Rangel curtiu a postagem no blog As aparências enganam. de Heloisa Ignacio
8 minutos atrás
Dete Gusson curtiu a postagem no blog O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA de Dete Gusson
10 minutos atrás
Dete Gusson curtiu a postagem no blog CAUSAS DOS SOFRIMENTOS de DORALICE
11 minutos atrás
Paulo Roberto Rangel curtiu a postagem no blog As pessoas são aquilo que elas amam. de Dete Gusson
11 minutos atrás
Posts no blog por DORALICE
11 minutos atrás
José Antônio Baptista curtiu a postagem no blog O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA de Dete Gusson
17 minutos atrás
ELISIO JOSE DA SILVA LOPES curtiu a postagem no blog A Arte de Doar... de Dete Gusson
17 minutos atrás
Paulo Roberto Rangel curtiu a postagem no blog HORÓSCOPO NA VISÃO ESPÍRITA de Dete Gusson
18 minutos atrás
maria de lurdes silva deixou um comentário para Heloisa Ignacio
19 minutos atrás
ELISIO JOSE DA SILVA LOPES curtiu a postagem no blog Planta a Paz de Ely souza
23 minutos atrás
José Antônio Baptista deixou um comentário para Lydia Michalick
"Obrigado pela receptividade! Estou muito feliz em estar fazendo parte desta família. Seja…"
40 minutos atrás
José Antônio Baptista agora é amigo de Lydia Michalick e Ely souza
49 minutos atrás
José Antônio Baptista deixou um comentário para Ely souza
"Fico muito honrado com sua amizade, seja muito bem-vinda! Um forte abraço! "
50 minutos atrás
Sandra dos Reis Xavier curtiu a postagem no blog As aparências enganam. de Heloisa Ignacio
1 hora atrás
MAURICIO CARDENA entrou no grupo de Heloisa Ignacio
Miniatura

A Flor da Pele.

"Quanto puderes,posterga a prática do mal até o momento que possas vencer essa força doentia que te…Ver mais...
1 hora atrás
MAURICIO CARDENA entrou no grupo de Heloisa Ignacio
Miniatura

Sabedoria dos Livros.

"Livros são os mais silenciosos e constantes amigos; os mais acessíveis e sábios conselheiros; e os…Ver mais...
1 hora atrás




Você é a favor do Aborto?
Não
Não sabe/Prefere não opinar
Sim





 

 

 

 

 

Rosácea

Este símbolo nos foi entregue pelos Servidores da Luz, Irmãos Superiores da Confederação Intergaláctica, Seres Luminosos em serviço amoroso ao Planeta Terra.

É um portal de entrada a Dimensões Superiores, que tem por finalidade ser usado como um “escudo de proteção energética”, irradiando luz no lugar onde se encontre.

Coloque esta Rosácea em um lugar preferido de sua casa ou local de trabalho, com todo o amor de seu coração e ela atuará protegendo energeticamente este local.

Permaneça também observando a Rosácea durante alguns minutos ao dia até sentir que ela pulse dentro de seu coração, e ela servirá como grande proteção para quem a contenha dentro de si.

Lembre-se que a Rosácea está em movimento circular constante em sentido-horário e cada vez que olhar para ela visualize este movimento no desenho.

Você poderá enviar este amoroso presente a toda pessoa que quiser.

FRATERNIDADE IRMÃOS NO AMOR E A ÉTICA

(Sempre que você enviar este símbolo a alguma pessoa estará, junto conosco, distribuindo por toda Nossa Terra, Luz, Paz e Fraternidade.)

 

EU SOU um ser de Luz Violeta! EU SOU o Amor que DEUS deseja!"

Fixe seus olhos na Chama Violeta, visualize o seu corpo dentro dela, a chama violeta penetra no seu corpo. A chama violeta se expande, se expande, se expande cada vez mais, transmutando e purificando tudo em nós e à nossa volta que não seja paz , equilíbrio, bem-estar, amor, harmonia e luz.

 

 

 

CHAMA VIOLETA

Temos à nossa disposição um instrumento que quando utilizado nos liberta de carmas do passado, nos possibilitando retornar a Luz, rumo a ascensão, evidentemente, que é necessário alguns avanços espirituais antes de aplicarmos a chama violeta com esta intenção. Mas o simples fato de podermos transmutar as energias negativas acumulados em nossos corpos inferiores, já é um grande avanço.

Saint Germain disse:

"O uso da chama violeta consumidora é mais valioso para você e para toda a humanidade do que toda a riqueza, todo o ouro, todas as jóias do planeta"

A Chama Violeta é uma forte e poderosa chama que TRANSMUTA tudo em nós e à nossa volta que não seja paz, amor e harmonia, a Chama Violeta é o Fogo Purificador, a Chama da Transmutação.

A cor violeta é a cor máxima da espiritualidade, é a freqüência máxima de vibração e ela pode ser utilizada como exercício de visualização diária para nos re-equilibrarmos e equilibrarmos tudo à nossa volta, transmutando tudo em Perfeição, Paz, Libertação, Luz e Amor Universal.

A chama violeta é a essência do Sétimo Raio, é como um raio de sol passando através de um prisma é refratado nas sete cores do arco-íris, assim também a luz se manifesta nos sete raios. Cada raio tem uma cor, freqüência e qualidade específica da consciência de Deus. O raio violeta é conhecido como o sétimo raio. Quando você o invoca, em nome de Deus, ele desce como um raio de energia espiritual, explodindo numa chama espiritual, em seu coração, com as qualidades de misericórdia, perdão, justiça, liberdade e transmutação.

DIREITOS DA CRIANÇA!

1º Princípio – Todas as crianças são credoras destes direitos, sem distinção de raça, cor, sexo, língua, religião, condição social ou nacionalidade, quer sua ou de sua família.

2º Princípio – A criança tem o direito de ser compreendida e protegida, e devem ter oportunidades para seu desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, de forma sadia e normal e em condições de liberdade e dignidade. As leis devem levar em conta os melhores interesses da criança.

3º Princípio – Toda criança tem direito a um nome e a uma nacionalidade

4º Princípio – A criança tem direito a crescer e criar-se com saúde, alimentação, habitação, recreação e assistência médica adequadas, e à mãe devem ser proporcionados cuidados e proteção especiais, incluindo cuidados médicos antes e depois do parto.

5º Princípio - A criança incapacitada física ou mentalmente tem direito à educação e cuidados especiais.

6º Princípio – A criança tem direito ao amor e à compreensão, e deve crescer, sempre que possível, sob a proteção dos pais, num ambiente de afeto e de segurança moral e material para desenvolver a sua personalidade. A sociedade e as autoridades públicas devem propiciar cuidados especiais às crianças sem família e àquelas que carecem de meios adequados de subsistência. É desejável a prestação de ajuda oficial e de outra natureza em prol da manutenção dos filhos de famílias numerosas.

7º Princípio – A criança tem direito à educação, para desenvolver as suas aptidões, sua capacidade para emitir juízo, seus sentimentos, e seu senso de responsabilidade moral e social. Os melhores interesses da criança serão a diretriz a nortear os responsáveis pela sua educação e orientação; esta responsabilidade cabe, em primeiro lugar, aos pais. A criança terá ampla oportunidade para brincar e divertir-se, visando os propósitos mesmos da sua educação; a sociedade e as autoridades públicas empenhar-se-ão em promover o gozo deste direito.

8º Princípio - A criança, em quaisquer circunstâncias, deve estar entre os primeiros a receber proteção e socorro.


9º Princípio – A criança gozará proteção contra quaisquer formas de negligência, abandono, crueldade e exploração. Não deve trabalhar quando isto atrapalhar a sua educação, o seu desenvolvimento e a sua saúde mental ou moral.


10 º Princípio – A criança deve ser criada num ambiente de compreensão, de tolerância, de amizade entre os povos, de paz e de fraternidade universal e em plena consciência que seu esforço e aptidão devem ser postos a serviço de seus semelhantes.


Rede direcionada a divulgação da Doutrina Espírita

© 2014   Criado por Tanise Scheibe.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço